Svatý Florian, joia da tradição cervejeira tcheca

Quem gosta de cerveja sabe que na República Tcheca esta bebida atinge o status de veneração, imersa a fundo na cultura e no cotidiano dos tchecos. Não é por acaso, portanto, que a Tchéquia seja o berço do estilo de cerveja mais popular do mundo, a Pilsen. O país é repleto de lugares com pequenas cervejarias que refletem a tradição cervejeira, a qual desperta admiração em quem tem a chance de conhecer. O contato com os pequenos produtores permite aprofundar nas raízes da cerveja no coração dos tchecos.

Por: Colaborador invitado

Publicado: Septiembre 12, 2017

Próximo à cidade balneária de Karlov Vary no caminho para Cheb está Loket. Esta pequena cidade é um lugar mágico, famoso por seu castelo - um dos mais fotografados da Tchéquia. O tempo parece ter parado nas ruas calçadas com pedras, e nas coloridas fachadas que espiam os passos dos turistas.  Este charmoso enclave medieval abriga um dos maiores tesouros cervejeiros tchecos. Falamos da cervejaria Svatý Florian (São Floriano). O lugar recebeu o nome deste santo por ser ele patrono dos bombeiros, e todos sabem que nada melhor para “apagar” a sede do que uma boa cerveja.

A pequena cervejaria fica dentro do charmoso hotel familiar Císař Ferdinand de Loket, que tem também uma boa cozinha. Em antigo prédio remodelado, no abobadado porão recoberto por tijolos, a Svatý Florian reproduz uma cena comum em cervejarias checas. Mantém à vista o brilho do cobre das caldeiras onde a cerveja é fabricada. Atrás das caldeiras estão os tanques de aço inoxidável, onde ocorre o processo de fermentação.

Atualmente e desde 2004, a Família Lojín comanda a cervejaria. Até então, o lugar ficou em desuso por anos. O abandono ocorreu depois da pretensão, durante a era comunista, de usar o lugar para montar uma granja. Mas, a história desta cervejaria é muito mais antiga. Remonta ao ano de 1348, na época do famoso Carlos IV, quando um cervejeiro local obteve permissão para fabricar ali a sua cerveja. Assim, no ano de 1352 foi construída a cervejaria primitiva que deu origem à Svatý Florian.

A Svatý Florian vem produzindo apenas 80 mil litros/ano, e suas cinco variedades de cervejas são de alta qualidade. A Světlý 11 é uma lager dourada, com teor alcoólico (ABV) 4,4%; Černý 11, lager escura, ABV 4,2%; Speciál Tmavý 13, deliciosa lager defumada, ABV  5,5%; Videnska 15, lager aveludada e maltada, ABV 6,3%. Por fim, a maravilhosa Speciál Václav Polotmavý, uma lager de malte tostado com sabor que faz pensar em pão-de-ló líquido, com chocolate e passas. Seu ABV é de 11,5 %. A cervejaria emprega matérias-primas locais, como o lúpulo de Žatec;  o tradicional método de decocção tripla; e não filtra ou pasteuriza as suas cervejas. Assim, todas são "nefiltrovaný" (não filtradas), uma palavra de incorporação obrigatória no nosso vocabulário em tcheco, se quisermos aproveitar a versão mais autêntica e tradicional da cerveja típica do país.

As cervejas do Svatý Florian podem ser compradas para levar, porém, o mais aconselhável é o consumo no local, se possível acompanhadas por algum dos pratos do cardápio da cervejaria. Também, você poderá aproveitar a visita à cervejaria em Cheb para apreciar uma bela e única coleção de peças em cerâmica de Karlovy Vary. A coleção é exposta no museu adjacente à cervejaria, com acesso pela mesma rua.  

Sem dúvida, um lugar que merece uma visita quando você viajar para a receber você, República Tcheca.

 

 

Canales relacionados

Sabores
Comer como checo: los platillos que debes probar

El knedlík y la omáčka son dos básicos si quieres aplicar aquello de “donde fueres, haz lo que vieres” en Chequia a la hora de comer. Pero también te recomendamos otras delicias imperdibles.

Sabores
Comer como checo: costumbres, tres veces al día

Desayuna, almuerza y cena como un auténtico checo siguiendo estas costumbres locales, aplicando al pie de la letra aquello de “donde fueres, haz lo que vieres”.

Sabores
Comer como checo: las bebidas que mejor acompañan cada platillo

Si vas a seguir las costumbres checas al pie de la letra, no te puedes saltar el capítulo de las bebidas espirituosas, porque “donde fueres, bebe lo que vieres”.

Sabores