Olomouc, para todos os gostos

Localizada na Moravia Central, na República Tcheca, Olomouc fascina pelo volume de patrimônio histórico e cultural que acumula, e a diversidade de atividades interessantes oferecidas na cidade e em seu entorno.

Por: Joaquín del Palacio

Publicado: Septiembre 26, 2019

Olomouc está a menos de três horas ao Leste de Praga por rodovia, ou pouco mais de duas horas por trem. É uma linda cidade, com charme de vila e uma história que deixou marcas na forma de vários monumentos. Em alguns casos, são edifícios que guardam fatos históricos muito especiais. Um destino formidável, porque esta cidade e seus arredores reúnem todos os encantos e a singeleza dos lugares com rico patrimônio

Monumentos únicos

Ao passear pelo centro de Olomouc, você encontrará vários pontos atrativos, como o Relógio Astronômico e a esbelta e imponente Coluna da Santíssima Trindade, espetacular e grande em todos os sentidos, tanto que foi declarada Patrimônio da Humanidade. A história deixou muitos mais traços nesta cidade, na forma de castelo e fortaleza, igrejas e palácios. A sala do trono do Palácio Arcebispal foi escolhida, em 1848, para homenagear Francisco José I, imperador austro-húngaro. A visita a este palácio é fundamental, também por conta do museu de carruagens ali sediado.

Para quem aprecia conhecer exemplares de carruagens históricas, é também importante visitar o Museu kočárů, que tem uma das coleções do gênero mais apreciadas na Moravia. O museu fica em Čechy pod Košířem, a 20 km de Olomouc (trajetos 448 e 448 12). É repleto de carruagens de todo tipo – verdadeiras maravilhas

para os apaixonados por história e veículos. É difícil encontrar em um único lugar tantas peças – mais de uma centena, e tantos detalhes, como freios, direção, decoração e mais. Entre os tesouros em destaque no Museu kočárů está a maior carruagem funerária do mundo; e também a carruagem dourada que era usada por reis, ambas em escala gigante.

 

Carros tchecos

Parece incrível que passe despercebida a importância das quatro rodas para a República Tcheca. Deveria ser diferente. O carro tcheco por excelência é o Tatra, cuja fábrica fica em Kopřivnice, cerca de uma hora (86 km, via E442 e E462) ao Leste de Olomouc. O Tatra é um veículo tão peculiar como inovador. Muito mais do que você imagina.

Por exemplo, o Coeficiente de Penetração Aerodinâmica (Cx) do modelo T77, de 1935, já apresentava Cx 0,212 - ainda um ótimo registro para os carros atuais. Lembrando que, quanto menor o número, maior a eficiência (em velocidade e consumo de combustível), e a título de comparação, o McLaren F1 de passeio tem Cx 0,32.

Visitar a fábrica em Kopřivnice e ver a fabricação do Tetra é uma ótima experiência. Porém, se é escasso o seu tempo em Omolouc, cruze o Rio Morava, que abraça a cidade, e visite a Veteran Arena, um museu de carros históricos. Desde a inauguração, em 2010, este destino é um dos mais visitados de Tchéquia. Reúne modelos Tatra - amados pela peculiar estética, motos, tecnologia, e até uma atrativa galeria de arte.

 

Entre bosques

A República Tcheca tem uma série de castelos que figuram entre os mais interessantes no coração da Europa. Alguns guardam segredos, lendas ou belas histórias. Outros  surgem como que saídos de um filme, entre paisagens as mais inusitadas e atrativas.

Estes dois aspectos são presentes no Castelo de Bouzov. Ele é carregado de história – foi residência dos integrantes da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos; e os seus telhados vermelhos espreitam sobre o verde da exuberante floresta que o cerca, a simular uma fortaleza de contos infantis. Suas torres parecem abrigar fadas, ou aquela linda princesa enclausurada que, debruçada em uma janela, cabelos ao vento, em desespero clama por liberdade.

O encanto que surge desde os seus exteriores faz do Castelo de Bouzov o cenário para infinidade de filmes. Mas, em especial, os interiores exercem grande atração. Foram amplamente remodelados ao final do século 19, e redecorados com mobiliário impecável. Seus salões nos levam a outras épocas, e nos fazem vivê-las. Porém, o recanto mais sensacional é o pátio – sua luz e a forma mudam à medida em que é percorrido. O impulso é clicar as cenas até gastar a bateria da câmera ou do celular.

 

Sob os bosques

Omolouc está na região da Moravia aonde as árvores enraízam em solo com substrato calcário. Esta formação geológica faz com que as águas causem as erosões cársticas, as quais originam cavernas. Algumas são maravilhas subterrâneas, como as cavernas Mladečské jeskyně e Javořičské jeskyně, que estão a meia hora ao Noroeste de Olomouc. As paisagens subterrâneas são sensacionais, mantidas em boas condições.

As regiões que reúnem cavernas são ideais para o cultivo da lavanda, e belos campos lilases são um dos encantos desconhecidos da Moravia. Dedicada ao cultivo de lavanda, a vila de Bezděkov faz do verão uma tela impressionista, com tons azulados projetados no horizonte. O uso da flor de lavanda, comum em cosméticos, nesta vila é estendido à gastronomia, inclusive, para dar sabor e aroma aos doces, que conquistam cada vez mais adeptos.

 

Peça para servir com queijo!

A Moravia é um dos melhores lugares da Europa para desfrutar de uma autêntica vida rural, de maneira elegante. Nos campos e vilas, é comum ver detalhes a provar que aqui a tradição perdura. No Museu Etnográfico de Modrá, a presença tcheca pode ser vista em sua arquitetura e seus costumes tradicionais, a partir dos quais se pode deduzir acerca da gastronomia, das cervejas, vinhos e licores típicos do país.

Quem visita a Tchéquia acaba por aprender os termos pivo e pivovar, que significam cerveja e cervejaria. Para além da cerveja tcheca típica, a Moravia se destaca pelos seus vinhos, especialmente os brancos, bem interessantes. São muito apreciados em Bzenec, mais ainda, na época da colheita, para brindar durante as tradicionais e magníficas celebrações locais.

Uherské Hradiště se considera a capital tcheca do vinho, muito provável, porque é repleto de tabernas que, em alguns casos, são também restaurantes. Peça o vinho da Moravia acompanhado por queijo – mas, também moravio! Queijo é uma das melhores lembranças moravias. É difícil encontrá-lo fora da Tchéquia, portanto, a solução é prová-lo na origem.

Em Loštice, na região de Olomouc, é elaborado um dos melhores queijos europeus – o

Olomoucké tvarůžky A fábrica-museu deste queijo produz um maravilhoso cottage curado, com baixo teor de gordura. Impossível a comparação com qualquer outro – seu sabor é tão especial que jamais será esquecido.

 

Bem perto:

- Canal de Bata, para percorrer em barco.

- Cidade histórica de Lipník nad Bečvou.

- Castelo de Helfštýn

Canales relacionados

Experiencia de viagem